A temporada 2018 da MotoGP se encerrou no último domingo (18) com o chuvoso GP de Valência, vencido por Andrea Dovizioso. Dois dias depois, a temporada 2019 já começou para equipes e pilotos com a primeira bateria de testes visando o próximo ano, realizado no mesmo circuito que encerrou as disputas deste ano.

O grid da próxima temporada apresentará muitas mudanças. A principal delas, sem dúvida, é a ida de Jorge Lorenzo para a Honda ao lado do campeão Marc Márquez. Para a vaga deixada pelo espanhol na Ducati, o time de Borgo Panigale escolheu Danilo Petrucci. Johann Zarco, que andou bem nos dois anos de Tech3, agora é piloto da KTM. Andrea Iannone deixou a Suzuki e parte para a Aprilia.

Franco Morbidelli, que foi o novato do ano pilotando a Honda satélite da agora finada Marc VDS – que segue apenas na Moto2 e Moto3 – agora tem em mãos uma Yamaha M1 oficial pela nova equipe Petronas Yamaha SRT, que ocupa o lugar da Angel Nieto Team. O ítalo-brasileiro receberá a mesma moto de Valentino Rossi e Maverick Viñales, pilotos do time oficial da fabricante japonesa.

São quatro novatos: Francesco Bagnaia, campeão da Moto2, representará a Pramac Ducati; Fabio Quartararo também sobe da Moto2 e será o companheiro de Morbidelli na Petronas Yamaha SRT; Joan Mir ocupa a vaga de Iannone na Suzuki e o português Miguel Oliveira é o companheiro de Hafizh Syahrin na Tech3, que agora é time satélite da KTM.

Karel Abraham foi para a Avintia ocupar o lugar de Xavier Simeon, que deixa a MotoGP e vai para a MotoE com a mesma equipe, tendo o brasileiro Eric Granado como companheiro na estreia do campeonato de motos elétricas. Acima do texto estão algumas imagens dos primeiros testes da MotoGP em Valência. 

A próxima sessão de testes acontece em Jerez de La Frontera, na Espanha, entre os dias 28 e 29 de novembro.

Fonte:
Equipe MOTO.com.br

Fonte: Moto.com.br

Comentários

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do General Osório Motos.